Como alugar bicicletas públicas em São Paulo

Sistema permite aluguel de bicicletas a partir de 8 reais.

Nos últimos anos, a mobilidade urbana em São Paulo ganhou a atenção de autoridades e a bicicleta surgiu como prioridade: ciclovias foram construídas, pensando na integração com o transporte público, além de um sistema de aluguel de bicicletas.

Recentemente, o prefeito de São Paulo, João Dória, reformulou o sistema de aluguel de bicicletas na capital paulista, abrindo novas possibilidades de uso.

Veja o passo a passo para alugar sua bicicleta da maneira mais fácil possível:

Baixe o app Bike Itaú ou entre no site

No mapa, procure por uma estação com bicicletas disponíveis e clique em desbloquear bicicleta.

Se você já está logado (a), basta conectar. Caso ainda não tenha cadastro, compre um plano e efetue seu cadastro.

O plano diário no valor de R$8,00 dispõe a bicicleta por 24 horas para o usuário, mas atenção: o uso direto dela se dá por uma hora, é preciso devolve-la em alguma estação ou pagar R$5 por hora adicional.

Os planos mensal e anual seguem a mesma lógica, nos valores R$20 e R$160, respectivamente.

Não tenho cartão de crédito e gostaria de pagar no dinheiro, é possível?

Sim, é possível!

No novo sistema de bicicletas públicas de São Paulo, é possível efetuar o pagamento via dinheiro, em um Posto de Atendimento, na rua José Bento, 314.

Como retiro a bicicleta?

Para retirar as bicicletas use o código disponibilizado pelo app, seu cartão do usuário Bike Sampa ou seu Bilhete Único. Basta digitar o código ou passar o cartão previamente cadastrado na vaga da bicicleta escolhida!

Você obtém o código ou cadastra seu Bilhete Único/Bike Sampa pelo site ou aplicativo Bike Itaú.

Multas:
São cobrados R$5 caso o uso da bike ultrapasse 1 hora ou se, ao retirar uma nova, o usuário não tenha esperado ao menos 15 minutos.

Estações:

Atualmente, são 25 estações com 250 bicicletas, mas o sistema está em expansão e isso rapidamente mudará.

Você pode encontrar bicicletas públicas nos seguintes locais:
1. Largo da Batata: av. Brigadeiro Faria Lima, com Teodoro Sampaio

2. CPTM Pinheiros: r. Gilberto Sabino, 138

3. Rua Butantã: travessa da r. Butantã, 316

4. Praça Joaquim Roberto: av. Rebouças, 3.642

5. Rua Campo Verde: r. Campo Verde, 231

6. Praça Faria Lima: r. Cardeal Arcoverde, com Faria Lima

7. Esporte Clube Pinheiros: r. Angelina Maffei Vita, 524

8. Rua Prof. Artur Ramos: r. Prof. Artur Ramos, 350

9. Esporte Clube Pinheiros: r. Hans Nobiling, oposto ao nº 47

10. Rua José Gonçalves de Oliveira: r. José Gonçalves de Oliveira, 44

11. Av. Dr. Cardoso de Melo: r. Funchal, com av. Dr. Cardoso de Melo

12. Parque do Povo: av. Henrique Chamma – portão 1 do Parque do Povo

13. Rua Leopoldo Couto: r. Leopoldo Couto de Magalhães Jr., 1.151/1.163

14. Vila Olímpia: r. Gomes de Carvalho, no acesso à estação Vila Olímpia

15. Rua Funchal: r. Funchal, oposto o número 129

16. Rua Helena: r. Helena, 29

17. Rua Min. Jesuíno Cardoso: esquina com Faria Lima

18. Rua Comendador Miguel: esquina com r. Clodomiro Amazonas

19. Rua João Franco: r. João Franco, 18

20. Bandeira Paulista: r. Bandeira Paulista, 1.237

21. Rua Benedito Lapin: r. Benedito Lapin, 81

22. E.E. Aristides de Castro: r. Urussuí, oposto ao nº 352

23. Viradouro: r. Viradouro, oposto ao número 30

24. Brasília: r. Brasília, número 147 – esquina com r. Joaquim Floriano

25. Tapinás: r. Tapinás – esquina com r. Pedroso Alvarenga

Quer descobrir o novo jeito de recarregar o Bilhete Único em São Paulo? Inscreva seu email e venha fazer parte dessa experiência!