cachorro no ônibus

Pode cachorro e gato no Metrô de São Paulo?

Cultura Mobilidade Urbana

A partir de lei assinada em 2019 animais podem andar no metrô e trem de SP.

Até 2019 apenas os ônibus de São Paulo aceitavam animais  em conformidade com uma lei de 2015. Porém, logo no início do ano metrô e trem mudaram as regras e passaram a aceitar cachorros, gatos e outros animais domésticos em seus vagões. 

Mas preste atenção nas regras para levar animais domésticos no transporte público 

Mesmo autorizados, os animais precisam estar encoleirados, com focinheira ou dentro da caixa de transporte. Devem estar limpos e sem doenças contagiosas. Eventualmente, o motorista pode pedir a carteira de vacinação dos animais.

É válido lembrar que nos ônibus os animais não podem ser transportados em um assento, e sim no chão. Caso se acomodam em bancos, devem pagar por uma passagem. O mesmo ocorre nos trilhos. 

Para evitar que ocupem muito espaço nos horários de pico, foi proibido também o transporte deles das 6h às 10h e das 16h às 19h. 

Em caso de cães-guia o horário determinado não se aplica.

Com o objetivo de garantir a aplicação da lei, empresas de ônibus estão sujeitas à multa caso descumpram a determinação. Você pode obter mais informações no 156 da SPTrans, que regula os ônibus na cidade.

Evite filas!

Para facilitar a viagem com os bichanos, certifique-se de carregar o Bilhete Único antes de sair de casa! Em São Paulo você pode usar o aplicativo mais leve e bem avaliado, o OnBoard. Para baixar clique aqui

Você pode também carregar o Bilhete Único pelo Facebook usando Bipay, conheça mais.

Marcos Antonio Moreira
Redator e produtor de conteúdo. Editor de redação no Agora é Simples e Marketing na OnBoard Mobility. Nova mobilidade é uma das minhas paixões, acompanhe o blog para mais conteúdo de qualidade!
Me escreva: marcos@agoraesimples.com.br